12 Curiosidades sobre a Baixada Santista que você só dará valor após a quarentena

Há tantos dias isolados em casa, saindo apenas para o essencial, como ir ao mercado, à padaria e à farmácia, começamos a sentir saudades das pessoas, dos lugares e dos rolês. Sim ou com certeza?

A internet ajuda a nos mantermos não tão distantes dos amigos e familiares e também a pedir o rango daquele rolê preferido em casa, ainda que, sejamos francos, nada como uma boa mesa de bar ou restaurante, né?

Mas, e quanto àqueles lugares da cidade que amamos? Aquele cantinho que é o nosso preferido e os passeios à beira-mar ou a pedalada pela orla? Tudo isso vai ter que esperar um pouco mais. Mas não sofra, porque quando tudo voltar ao normal e você conseguir tirar o mofo das roupas todas, o mundo lá fora vai ser diferente. E para melhor!

Já conhece o nosso Festival Comer & Beber em Casa? Clique e veja dezenas de bares e restaurantes com delivery em Santos. Escolha o menu e peça direto da plataforma.

Teremos, certamente, um novo olhar para aquilo que nos cerca e vai ser o momento de nos apropriarmos da cidade, do bairro, da esquina e dos cenários que passavam batidos ao nosso olhar. Vai ser a hora de nos encantarmos com tudo aquilo que não dávamos lá muito valor.

Então, para ajudar você nessas descobertas, ainda sem previsão de estreia, vou relacionar aqui algumas curiosidades sobre a Baixada Santista que você só dará valor após a quarentena.

Vem comigo – mas fica aí!

Um cinturão cultural multicor

Um cinturão cultural multicor

O Jardim da Orla de Santos não é apenas o maior do mundo em extensão, com mais de 5 quilômetros. Ele também abriga cerca de 1800 árvores, 1300 canteiros, mais de 80 tipos de flores, quase 40 monumentos que contam a história do Brasil e do mundo e mais de 100 aves, que por ali se alimentam, reproduzem e descansam dos voos migratórios.

Falamos melhor sobre o jardim de Santos aqui 

A leoa já era

A leoa já era

Se você faz parte do imenso grupo que tirou fotos no leão e na leoa da orla, saiba que, depois da quarentena, vai ter que tirar de novo, pelo menos, na leoa, mas agora sabendo que o animal nunca foi uma leoa, mas um jaguar.

Falamos melhor sobre o jaguar do jardim aqui 

Deixe o relógio em casa – afinal você já desacostumou a usá-lo

Deixe o relógio em casa – afinal você já desacostumou a usá-lo

Ainda na orla, nas proximidades do Canal 3, está o relógio do sol, uma invenção egípcia de mais de 4 mil anos. Ali, as horas são marcadas pela sombra projetada pela luz solar que incide sobre o gnômon, a haste de metal no seu centro.

Falamos melhor sobre o relógio do sol aqui 

O poeta do mar está de costas

O poeta do mar está de costas

No mesmo jardim, repleto de histórias e curiosidades, também próximo ao Canal 3, está o monumento de Vicente de Carvalho, que, inclusive, dá nome para aquele trecho da avenida da praia. Ali, o poeta do mar, como ficou conhecido, flutua sobre as ondas, cercado por ninfas, mas, curiosamente foi colocado de costas para sua maior inspiração, o mar, dez anos após ter sido instalado ali. Mistério!

Falamos melhor sobre Vicente de Carvalho aqui 

Wall Street do Café

Wall Street do Café

A Rua XV de Novembro, no Centro de Santos, ficou conhecida como a ‘Wall Street Brasileira do Café’, quando na época áurea do café no país, por ali ocorriam as negociações internacionais dos grãos, pelas figuras mais abastadas de Santos.

Falamos melhor sobre a Rua XV de Novemrbo aqui 

O lamento da feiticeira

O lamento da feiticeira

Se a caminhada ou a corrida à beira-mar fazem parte da sua rotina, certamente você já passou pela Pedra da Feiticeira. Nuca se perguntou o que faz ali aquela estátua e por que a pedra tem esse nome? Então, acredite, depois da quarentena, você passará com mais atenção por ali. A lenda conta que nos tempos em que a praia era coberta por vegetação, uma mulher misteriosa vagava pela região, mal vestida e falando sozinha. Nas noites quentes, ela dormia sobre a pedra, que ficou conhecida como a ‘cama da velha’. Tinha por hábito dançar, cantar e acenar para os navios que passavam na barra. Isso por causa de seu amor por um marinheiro português, que visitara a Ilha de São Vicente na juventude, com o qual teve um romance e de quem engravidou. Ele partiu para Portugal e nunca mais voltou, deixando a mulher em depressão. Ela, então, perdeu a gestação e isolou-se na pedra, local onde ocorriam os seus encontros românticos. Certa vez, acreditando ter visto alguém acenar de um barco, se lançou ao mar e morreu afogada. Contam que ainda hoje, nas noites de luar, se pode ouvir os gritos da velha feiticeira. Boa caminhada no retorno!

Falamos melhor sobre a Pedra da Feiticeira aqui 

Uma ponte para escoar o esgoto

Uma ponte para escoar o esgoto

Talvez você não saiba, mas um dos principais cartões-postais da Baixada Santista, a Ponte Pênsil, foi inaugurada em 1914, com o objetivo de garantir o escoamento sanitário da Ilha de São Vicente. A mente por trás disso foi Saturnino de Brito, o mesmo engenheiro sanitarista carioca que também planejou os canais de Santos. A ideia de Saturnino era levar o esgoto até a ponta do Morro de Itaipu, em Praia Grande. Para isso, a ponte foi construída sobre o Mar Pequeno, com todo o material vindo da Alemanha, 180 metros de comprimento, 23 metros de altura e oito metros enterrados, de forma que seja capaz de suportar a pesada tubulação. A Ponte Pênsil acabou se tornando um marco na expansão urbanística do Litoral Sul, já que ajudou a tirar a região do isolamento. Opa, isolamento?

Falamos melhor sobre a Ponte Pênsil aqui

Cercados por manguezal

Cercados por manguezal

A Baixada Santista é uma região cercada por manguezal, um ecossistema costeiro, de transição entre os ambientes terrestre e marinho, comum em regiões onde ocorre o encontro do rio com o mar, o que justifica sua água salobra. Os manguezais são considerados berçários naturais, pois abrigam espécies típicas, mas também são redutos de outros animais, como aves, peixes, moluscos e crustáceos, em busca de alimento, reprodução e abrigo. Aliás, você sabia que cerca de 95% do que o homem pesca no mar é produzido nos manguezais e que cerca de 15% do total de mangues no mundo estão no litoral do Brasil? A Baixada Santista detém parte deste patrimônio, protegido por lei nacional e considerado Área de Preservação Permanente (APP). Das nove cidades da região, apenas Mongaguá não possui mangue e algumas das outras oito o utilizam para atividades turísticas. Entre Praia Grande e São Vicente, por exemplo, com saída do Portinho, é possível praticar canoagem ecológica no manguezal. Um passeio incrível, que nós já registramos aqui.

Falamos melhor sobre canoagem no manguezal aqui 

Uma das maiores plataformas do mundo

Uma das maiores plataformas do mundo

A menor cidade da Baixada Santista abriga uma das maiores plataformas de pesca do mundo. Está em Mongaguá a Plataforma de Pesca Amadora, construída em concreto armado, com 400 metros mar adentro e mais 86 metros pra cada lado, formando um T. Mesmo que você não seja daqueles que têm paciência – ou talento – para a pesca, vale a pena conhecer o lugar, que é um dos mais frequentados por pescadores esportivos do país, com infraestrutura completa para os amantes da pesca.

Falamos melhor sobre a Plataforma de Pesca aqui 

Amazônia Paulista

Amazônia Paulista

Poucos sabem, mas Itanhaém é conhecida como a Amazônia Paulista, devido à grande extensão de rios na cidade. São mais de 2 mil quilômetros, sendo que 180 quilômetros são navegáveis. Um fenômeno similar ao que ocorre com os rios amazônicos Negro e Solimões, acontece também por aqui, onde os rios Preto e Branco se encontram e formam o rio Itanhaém. Esta maravilha da natureza pode ser presenciada em um passeio de barco, que ainda proporciona a contemplação de fauna e flora típicas de região de manguezal, com pássaros de várias espécies acompanhando todo o percurso e enormes peixes de água doce exibindo-se próximo à embarcação.

Falamos melhor sobre o passeio de barco pelo rio Itanhaém aqui 

27 praias, da cabeça ao rabo do dragão

27 praias, da cabeça ao rabo do dragão

Certamente você nunca contou, e provavelmente conhece, no máximo, meia dúzia delas, mas nós garantimos: Guarujá tem 27 praias, desde as mais estruturadas até aquelas remotas, sem infraestrutura, com acesso apenas por barco ou trilha. Da cabeça ao rabo do dragão – a cidade também é conhecida como a Ilha do Dragão, pois seu território, visto do alto, se parece com um dragão alado – são praias para surfistas, famílias, paqueras e para quem busca sossego. Esperamos que a quarentena não dure até o verão, de qualquer forma, já salva esse roteiro.

Nós falamos sobre 15 das 27 praias do Guaru aqui 

Praias e cachoeiras, tudo no mesmo lugar

Praias e cachoeiras, tudo no mesmo lugar

Não é só pelos extraterrestres que Peruíbe é famosa (aliás, já falamos sobre eles aqui), mas também por ostentar uma das mais belas Unidades de Conservação do Brasil, a Estação Ecológica Jureia-Itatins, que faz parte do Mosaico de Unidades de Conservação da Jureia-Itatins, uma área com mais de 110 mil hectares que abriga outras três Unidades de Conservação de Proteção Integral além de duas Reservas de Desenvolvimento Sustentável. Este cenário indescritível reúne praias, rios, cachoeiras e trilhas. Aliás, nós já fizemos um roteiro lindo por lá também (você pode ver aqui). Há restrições para visitação na Estação Ecológica, mas outras áreas do Mosaico podem ser visitadas e, inclusive, há empresas de ecoturismo que operam roteiros locais.

Nós falamos melhor sobre a Jureia aqui 

Diego Brígido

Editor da Revista Nove | Guia Comer & Beber

Mais buscadas

#tbt ação social afro airbnb aldeia alimentação almoço amor anchieta anime animesantos aniversário aniversário de Santos ano novo ano novo praia grande antologia aquario aquário de santos arena hologate arquitetura arquitetura modernista arte arte no dique artista local atração autismo automotivação avenida baixada santista balão magico balão mágico sinfônico banda melim bares bazar bebida beijaflor beneficente bernardino bernardino de campos bertioga bicicleta bike birdwatching black friday blues boat week bonde bonde turístico bossa nova bossa nova em santos Brasil brisamar shopping bruna marquezine cachaça cães café café árabe cafeterias campanha canais de santos caravana carla mariani carnabanda carnabanda 2020 carnabonde carnabonde 2020 carnaval carnaval 2020 carnaval de rua carnaval de santos carnaval em bertioga carnaval em mongagua carnaval em santos carnaval em sao vicente Carnaval Liberal Solidário de Santos carnaval santista carnaval2020 carnavalsantista carreira casamento casarão da tuiuti cata treco cata treco santos cbjr cbjr em santos cemitério israelita cenário cenários centro histórico ceramica cerveja cerveja artesanal chamada charlie brown jr chopp chorão churrasco chuva chuva em santos chuva na região cidade de santos ciência cine autorama cinema cinema em santos cinesystem circo circo dos sonhos clantransdestina clima clube de pesca coach coaching coca coca cola coletivo comer e beber comercial compras concerto concha acústica confraternização consciência negra conscientização consumo consciente contadores de historia conteiner coração coronavirus cortejo quiloa coworking criança crianças cruzeiro cruzeiros cubatão cuidado cultura cultura caiçara culturageek curiosidades curso cursos cursos de férias curta metragem curta santos dança desfile design design gráfico designer destinos dia das bruxas dia das mães dia de finados diogo nogueira diversao dp world dp world santos dragão drinks drive in ecologico economia criativa ecoturismo edificil marahu educação emocional empreendedorismo empreender e transformar empresa empresas portuárias encenação encontro encontro de criadores engenho dos erasmos entretenimento entrevista escola de empreendedorismo escola de samba espelho espetáculo esporte esportes estabilidade Estação do Valongo estação verão estação verão praia estação verão show estilo de vida EUA evento eventos eventos em Santos exposição família fantasia feira feira criativa feira de natal feito a mão feriado férias ferrovia fescete festa festa junina Festa Mares do Sul festas festival festival da imagem festival de musica filme filme em santos fim de ano finados flamenco flores fonte fonte interativa forró forró pé na areia fotografia fotos antigas fotos antigas de santos fotos antigas praia grande futebol futebol caiçara game gastronomia geek geekfest golf gonzaga grafite granderio gravação grupo especial grupo feitiço grupo mendes guarujá guilherme arantes halloween handmade história história de santos Hora da Cultura hospedagem hotéis hotel atlantico hotelaria humor iate iate clube de santos iates de luxo ilha das palmas impacto social instituto procomum inteligencia inteligencia emocional intenção inverno istalação artística itanhaém itararé iza jabaquara japones jazz jogo de tabuleiro juicy juicy santos juicybazar kascão LAB lançamento lançamento de livro lazer lendas leo maia leonardo miggiorin lgbt liberdade lifestyle limpeza liquidação literatura litoral festival litoral norte litoral plaza litoral plaza shopping litoral sul livro de poema livros lixozero looping star lucky tattoo macuco mar maracatu marcas meeting arq experience melim melim em santos mendes convention center mente emocional mente racional mercado de peixes metas moda mongaguá monicaverso montanha russa monumento monumentos mosaico jogos mostra mostra de arte mostra fotográfica mpb msc msc sinfonia mudanças mulheres muretas de santos museu museu da água museu do café museu do exercito museu do forte museus música música classica nacional natal natal em santos natal inclusivo natureza negócios neguinhodabeijaflor nerd netflix nossa história nossa senhora nossa senhora aparecida nova ponta da praia novembro azul o coletivo o que fazer objeto ceramico obras oficina onde beber oportunidade orla orla da praia orla de santos orquestra orquidário orquidário de santos oxigênio criativo paixão de cristo palacete mauá palácio das artes palestra papai noel papai noel se importa parada de natal parque parque ecológico Parque Ecológico do Perequê parque magic dragon páscoa passeio patati patata patinete patinete em santos patio iporanga patrimônio peça percurso perequê persona personagens peruíbe pesquisa pet pet em casa pet friendly pets pin up pinacoteca plataforma plinio marcos plinio marcos presente podcast podcast tu sabia poesia ao infinito ponta da praia porto porto de santos portuguesa praia praia do gonzaga praia grande praiamar praias prefeitura de santos premiação presente presentes presidente wilson prevenção primeira guerra produções programação projeto cultural projeto social projetos promoção propaganda qualidade de vida quarentena quiloa rainha de bateria realidade virtual recreação restauração restaurantes reveillon réveillon em santos réveillon praia grande revela bertioga revista mirante revista nove rio santos bossa fest riviera riviera boat riviera de são lourenço rococco rodovia role roteiro roteiro turístico samba sambaenredo santo santos santos carnabanda 2020 santos carnabonde santos city santos criativa santos e região santos em verso e prosa santos jazz festival santoscity são paulo são vicente saúde segurança semana de cultura caiçara sesc sesc jazz sesc santos sherlock holmes shopping shopping balneário shopping patio iporanga shopping villamar shoppings da região show show de natal show em santos shows shows praia grande signos possíveis single social sofitel solidariedade sorvete sorvete kascão stand up startup sucesso sunset party sustentabilidade tarrafa tattoo tatuagem teatro tecnologia tenor tenor jean william terminal portuário terror trabalho voluntário tu sabia turismo turismo em santos turismo religioso turma da monica turne charlie brown junior ubatuba unesco urbanização vaga de emprego valongo vegan veganismo vegetarianismo verão vida noturna vila de são vicente villamar vinho vinhos vintage virada cultural virada sp visibilidade trans visita noturna vou nadar até voce vulcão vulcão do macuco workshop workshop de vinho xande de pilares zeca pagodinho zero treze zerotreze