Riviera de São Lourenço

Visite a Riviera de São Lourenço!

Considerada o maior projeto de desenvolvimento urbano do litoral brasileiro, a Riviera de São Lourenço é um bairro – não é um condomínio fechado, ao contrário do que muitos pensam – que ocupa menos de 2% do território de Bertioga.

Apesar da pequena extensão territorial, a Riviera é responsável por 50% da arrecadação de IPTU da cidade e emprega mais de cinco mil pessoas diretamente e outras milhares indiretamente.

Em 1978, São Lourenço era uma praia de São Paulo, como muitas outras, sujeita às consequências desastrosas da ocupação desordenada. Quando foi assumida pela Sobloco Construtora, que implantou e administra ainda hoje o empreendimento, São Lourenço ganhou não somente o status de Riviera, mas um projeto urbanístico de primeiro mundo.

Sob o lema ‘melhoria contínua’, a gestão do bairro é focada na sustentabilidade e na garantia de uma excelente qualidade de vida para os moradores. Para isso, a Riviera conta com um backstage de tirar o chapéu, gerido pela Sobloco e pela Associação de Amigos da Riviera, entidade sem fins lucrativos, mantida pelos proprietários do bairro e que funciona como uma verdadeira prefeitura-privada, sendo a maior empregadora de Bertioga.

Mais de duas mil casas, 200 edifícios, shopping center, escolas, consultórios e uma excelente infraestrutura de saneamento básico integram os 70% da área ocupada do bairro, que também valoriza muito as áreas verdes.

Luiz Augusto Pereira de Almeida, diretor de marketing da Sobloco, diz que, além da preocupação com o meio ambiente, a Riviera busca oferecer conforto para seus frequentadores. ‘Afinal, quem não quer usufruir de uma praia limpa, livre de poluição, ter água tratada assegurada em suas torneiras e estar rodeado de muito verde?’.

Captação e tratamento de água

O empreendimento dispõe de um moderno sistema de captação, tratamento e distribuição de água, além de um completo programa de coleta, recalque e tratamento de esgotos, ambos servidos por uma malha subterrânea com mais de 118 km, um laboratório de controle ambiental, além de outros programas independentes de preservação do meio ambiente, que envolvem cerca de 80 profissionais das mais diversas áreas. Toda essa estrutura garante que nunca tenha faltado água na Riviera e também a manutenção da bandeira verde da CETESB na praia.

Coleta seletiva de lixo

Todos os meses são coletadas em média 22 toneladas de lixo reciclável no bairro, o que qualifica a Riviera como tendo um dos mais bem-sucedidos programas de coleta seletiva de lixo do Brasil. A renda resultante é revertida para a Fundação 10 de Agosto, também instalada na Riviera e que promove diversas atividades de cunho social.

Além disso, os resíduos vegetais oriundos de podas e da manutenção das áreas verdes são transformados em composto orgânico, que é reutilizado na manutenção dos jardins do bairro. Até o óleo de fritura usado pelos ambulantes na praia, comércio e restaurantes é coletado e encaminhado à reciclagem.

Todos estes programas garantiram ao empreendimento a certificação internacional ISO 14001, em 2000, a primeira concedida a um projeto de desenvolvimento urbano em todo o mundo, que vem sendo rigorosamente mantida.

Você pode frequentar a Riviera

Você pode frequentar a Riviera

O acesso ao bairro é liberado, apesar do portal na entrada, que pode inibir os desavisados; inclusive ônibus entram e saem da Riviera a todo momento.

Além da bela e limpa praia com, 4,5 km de extensão, o empreendimento dispõe do maior shopping do Litoral Norte, bons restaurantes, centro cultural, quadra de tênis, campo de golfe, centro hípico e ciclovias, além de hotéis e um comércio variado. No verão acontecem eventos envolvendo grandes marcas nacionais e internacionais, que atraem milhares de pessoas para a Riviera de São Lourenço.

Diego Brígido

Editor da Revista Nove