SP-Arte 2019: evento é o principal de arte e design da América Latina

Foto: Ênio Cesar

O Festival Internacional de Arte de São Paulo começa no dia 4/04, e segue até 7/04.

Vamos te dar um bom motivo para subir a serra nos próximos dias: vai começar a SP-Arte 2019! O evento está em sua 15ª edição, e é considerado o principal de arte e design da América Latina, contando com a participação de galerias, instituições e artistas consagrados desse mercado. O Festival acontece no Pavilhão da Bienal, do Parque do Ibirapuera, e no dia 3/04, haverá uma prévia para convidados. De qunita a sábado (4 a 6/04), a visitação será aberta das 13h às 21h, e no domingo (7/04), das 11h às 19h. O valor da entrada é de R$50, com meia-entrada promocional de R$20.

Fernanda Feitosa, fundadora e diretora do evento, falou um pouco sobre a trajetória do SP-Arte. “Ao longo de seus quinze anos de existência, a SP-Arte ampliou sua missão e colaborou com a profissionalização do mercado e expansão do colecionismo no Brasil. Aos poucos, contribuímos para o desenvolvimento de toda a cena contemporânea e trouxemos à tona temas pungentes do mundo das artes”, contou ela.

Setor Geral

As galerias de arte mais influentes do mundo se reúnem em um só espaço durante a SP-Arte. Para a 15ª edição, retornam as estrangeiras como David Zwirner (Nova York), Neugerriemschneider (Berlim), Alexander Gray Associates (Nova York), Galleria Franco Noero (Turim), Galleria Continua (San Gimignano), Lisson Gallery (Londres) e Elba Benitez (Madrid).

As brasileiras de destaque no circuito internacional também marcam presença no evento. Entre elas, a Fortes D’Aloia & Gabriel (São Paulo, Rio de Janeiro), Mendes Wood DM (São Paulo, Nova York, Bruxelas), a Galeria Luisa Strina (São Paulo), Dan Galeria (São Paulo), Bergamin & Gomide (São Paulo), A Gentil Carioca (Rio de Janeiro),  Luciana Brito Galeria (São Paulo), Galeria Millan (São Paulo), Nara Roesler (São Paulo, Rio de Janeiro, Nova York) e Vermelho (São Paulo).

 

 

Imagem: Vitor Pickersgill/Cortesia Stephan Doitschinoff e Janaina Torres Galeria

Setor OpenSpace

Uma novidade no Festival, o setor OpenSpace rompe com o formato clássico dos estandes, levando dezessete esculturas e instalações de quinze artistas para o lado de fora do Pavilhão, no Parque Ibirapuera. Galerias e artistas que participam do OpenSpace: Amelia Toledo (Brasil) – Galeria Marcelo Guarnieri (Brasil); André Komatsu (Brasil) – Vermelho (Brasil); Claudia Jaguaribe (Brasil)  – Casanova (Brasil); Daniel Murgel & C. L. Salvaro (Brasil) – Ybakatu (Brasil); Eduardo Navarro (Argentina) – Nara Roesler (Brasil); Elisa Bracher (Brasil) – Raquel Arnaud (Brasil); Hélio Oiticica (Brasil) – Arte 57 (Brasil); Janaina Mello Landini (Brasil) – Zipper Galeria (Brasil); Kishio Suga (Japão) – Mendes Wood DM (Brasil); Luciano Zanette (Brasil) – Verve Galeria (Brasil); Luiz Hermano (Brasil) – Galeria Lume (Brasil); Raul Mourão (Brasil) – Lurixs (Brasil); Saint Clair Cemin (Brasil) – Galeria Bolsa de Arte (Brasil); e Wagner Malta Tavares (Brasil)  – Galeria Marília Razuk (Brasil).

 

 

Foto: Sergio Guerini

Setor Solo

O setor Solo será inteiramente dedicado à produção artística da região latino-americana, com curadoria da chilena Alexia Tala. A ideia é desconstruir a visão eurocêntrica que a América Latina tem de si, propondo novos olhares. Artistas e galerias que participam do setor Solo: Alejandra Prieto (Chile) – Die Ecke Arte Contemporâneo (Chile); Ayrson Heráclito (Brasil)- Portas Vilaseca (Brasil); Feliciano Centurión (Paraguay) – Walden (Argentina); Fernando Bryce (Peru) – Espaivisor (Espanha); Jorge de León (Guatemala) – Proyectos Ultravioleta (Guatemala); Luis González de Palma (Guatemala) – Galeria de Babel (Brasil); Manata Laudares (Brasil) – Sé Galeria (Brasil); María Edwards (Chile) – Patricia Ready (Chile); Nicole Franchy (Peru) – IK Projects (Peru); Rafael Pagatini (Brasil) – Oá Galeria (Brasil); Randolpho Lamonier (Brasil) – Periscópio (Brasil); e Sandra Vásquez de la Horra (Chile) –  Galerie Bendana-Pinel (França).

 

 

Imagem: Ayrson Heráclito/cortesia Portas Vilaseca Galeria.

Setor Masters

Essa é a terceira edição do setor Masters, que até então era chamado de Repertório, e conta com curadoria de Tiago Mesquita. O objetivo da seção é apresentar ao público artistas ou trabalhos de algum recorte histórico que tenham sido pouco expostos. Na SP-Arte, o setor apresenta artistas do sul global dos anos 1950 e 1980. Artistas e galerias que participam do setor Masters: Analívia Cordeiro (Brasil) – Aninat Galería (Chile); Arthur Pereira (Brasil) – Galeria Estação (Brasil); Carlos Fajardo (Brasil) – Galeria Marcelo Guarnieri (Brasil); Carlos Zilio (Brasil) – Cassia Bonemy & Raquel Arnaud (Brasil); Fernando Zarif (Brasil) – Luciana Brito Galeria (Brasil); Lothar Charoux (Áustria) – Berenice Arvani (Brasil); Lygia Pape (Brasil) – Almeida & Dale (Brasil); Maria Leontina (Brasil) – Bergamin & Gomide (Brasil); Max Bill (Suíça) – Fólio Galeria (Brasil); Ridyas (Brasil) – Central Galeria (Brasil); Letícia Parente (Brasil) – Jaqueline Martins (Brasil); Rubens Gerchman e Pedro Escosteguy (Brasil) – Galeria Superfície (Brasil); e Yamandú Canosa (Uruguai) – Zielinsky Galería (Espanha).

 

 

Imagem: Luciana Brito Galeria

Setor Performance

Sob curadoria de Marcos Gallon, o setor Performance abandona um espaço específico para voltar a espalhar-se pelo Pavilhão da Bienal. Apresentam-se no setor Performance: avaf (assume vivid astro focus) (Casa Triângulo, Brasil) – alôca vudu avoa furiosaCadu (Vermelho, Brasil) – ClothoCristiano Lenhardt (Fortes D’Aloia & Gabriel, Brasil) – AtoritoleituralogoshJaime Lauriano (Galeria Leme/AD, Brasil) – Árvore nacionalJorge Soledar (Portas Vilaseca, Brasil) – A Morte do Boneco (Homenagem a Federico Garcia Lorca e Oração a Ogum); e Maria Noujaim (Galeria Jaqueline Martins, Brasil) – Ponto e Vírgula.

 

 

Foto: Jéssica Mangaba 

Design

O setor Design chega a sua 4ª edição e vai receber 45 expositores, se dividindo em cinco núcleos específicos: ModernoContemporâneoArquitetosDesigners Independentes e Antiquários. Destaque para peças e momentos icônicos da história do mobiliário, peças de nomes emblemáticos e essenciais do design brasileiro como Joaquim Tenreiro, Sérgio Rodrigues, Lina Bo Bardi Jorge Zalszupin e Zanine Caldas com contemporâneos como Jacqueline Terpins, Sollos, Hugo França e Ovo.

Um novo núcleo dedicado a peças de mobiliário assinadas por renomados arquitetos brasileiros apresenta destaques como Arthur CasasDado Castello Branco, Lia Siqueira, Jaime Lerner, Paulo Mendes da Rocha, Triptyque Rodrigo Ohtake. O núcleo de designers independentes retorna nesta edição revelando talentos como Plataforma 4, Noemi Saga, Ana Neute, Bianca Barbato e a internacional Vera Odyn (Rússia).

 

 

Foto: Ruy Teixeira

E muito mais...

E muito mais...

Além de todos os expositores, a Feira ainda vai promover uma série de atividades variadas como Talks, Circuito de Ateliês Abertos, Gallery Night e visitas guiadas temáticas e gratuitas. Você encontra mais informações, programação completa com horários e muito mais no site.

 

 

Foto: Ênio Cesar

Mais buscadas

#tbt ação social aldeia alimentação almoço amor ano novo aquario arquitetura arte arte no dique baixada santista bares bazar beneficente bertioga cães café cafeterias carnaval carreira casamento cenário centro histórico cerveja cerveja artesanal chopp ciência cinema circo coletivo comer e beber compras confraternização consciência negra coração coworking crianças cruzeiros cubatão cuidado cultura curiosidades cursos curta metragem curta santos dança design dia das mães drinks ecologico economia criativa ecoturismo educação empreendedorismo encontro encontro de criadores entretenimento entrevista espetáculo esporte esportes evento eventos eventos em Santos exposição família feira feriado férias festa festa junina festas festival fim de ano flores gastronomia geek golf guarujá handmade história hospedagem hotéis hotelaria humor inverno itanhaém japones juicybazar lazer lendas lgbt liberdade limpeza literatura litoral norte litoral plaza litoral plaza shopping lucky tattoo mar moda mongaguá mudanças mulheres museu museus música natal natureza negócios o que fazer obras oficina onde beber oportunidade palestra papai noel páscoa persona peruíbe pesquisa pet friendly pets praia praia grande praias presentes prevenção projeto social restaurantes reveillon revista nove riviera de são lourenço roteiro turístico santos são paulo são vicente saúde segurança shopping show shows social sofitel solidariedade stand up sustentabilidade tattoo tatuagem teatro trabalho voluntário turismo turismo religioso vegan veganismo vegetarianismo verão vida noturna vinho vinhos workshop