No Rabo do Dragão, a Serra do Guararu

Cenários deslumbrantes da região

O Guarujá ainda esconde um cantinho preservado entre o Oceano Atlântico e o Canal de Bertioga, no extremo leste da Ilha de Santo Amaro, às margens da estrada Guarujá-Bertioga.

A Serra do Guararu fica na região conhecida como Rabo do Dragão (a geografia do Guarujá lembra a silhueta de um dragão), distante 27 km do centro da cidade. Área de Proteção Ambiental (APA) desde 2012, a APA guarda uma das últimas porções significativas de Mata Atlântica em bom estado de conservação no litoral paulista e abriga praias secretas, como Iporanga, Praia das Conchas, São Pedro, Praia Branca e Camburi.

Na Serra do Guararu também estão importantes sítios arqueológicos e centenas de nascentes que alimentam o Rio Iporanga. A rica biodiversidade da área acolhe tamanduás-mirins, bichos-preguiça, pacas, tatus e gambás, além de centenas de espécies características da Mata Atlântica. Segundo relatos de moradores locais, até onças-pardas, jaguatiricas e veados podem ser avistados por lá.

Um cenário de tirar o fôlego e lembrar que nem só de praias vive a Baixada Santista.

Nós já falamos sobre a Serra do Guararu e outros recantos verdes da nossa região na matéria sobre Ecoturismo, na primeira edição da revista, e você confere a matéria no link.