Plataforma de Pesca Amadora de Mongaguá

Não há como ela passar despercebida por quem transita – a pé ou de carro – pela orla da praia em Mongaguá.

Uma estrutura que avança 400 metros mar adentro e forma um ’T’, com mais 86 de metros de extensão para cada lado e que é uma das maiores plataformas pesqueiras em estrutura de concreto armado do mundo.

A Plataforma de Pesca Amadora de Mongaguá, além de integrar o belíssimo cenário da cidade, oferece infraestrutura para pescadores amadores e, porque não, profissionais. Após oito anos fechada ao público, reabriu em 2011 e, além de resgatar a autoestima do morador da cidade, voltou a atrair turistas para as praias locais. Boa parte do comércio e do turismo de Mongaguá vive em função deste que é o principal atrativo turístico do município.

Talvez você não saiba, mas ela é um dos locais mais visitados por praticantes de pesca esportiva do país. Sua estrutura conta com sanitários e local apropriado para lavagem dos pescados e utensílios de pesca. É toda iluminada com lâmpadas de vapor de sódio, o que permite a boa visibilidade à noite, inclusive com nevoeiro.

A Plataforma fica aberta 24 horas por dia durante todos os dias da semana. O acesso é controlado e a entrada custa R$ 5,00, mas moradores da cidade credenciados no Departamento de Turismo não pagam. Crianças de 3 a 10 anos pagam R$ 3,00 e idosos, acima de 60 anos, pagam R$ 2,50.

E as iscas?

E as iscas?

É possível comprar uma variedade de iscas nos quiosques em frente à Plataforma, o que vai garantir que você não fique na mão no melhor da festa, quer dizer, da pesca.

Peixes como robalo, corvina, betara, pescada, roncador, espada, bagre, baiacu, pampo e sargo são os que mais costumam das as caras por lá.

A Plataforma de Pesca de Mongaguá fica na Av. Governador Mário Covas Júnior, 10.181, no Balneário Plataforma.

Diego Brígido

Editor da Revista Nove